Os documentos que devem ser carregados obrigatoriamente no carro

Para evitar uma possível penalidade, devemos sempre levar alguns documentos no nosso veículo, mas às vezes somos cautelosos e acumulamos papéis na luva que não são realmente necessários. Portanto, para esclarecer suas dúvidas, explicamos tudo o que você deve saber para evitar problemas relacionados à documentação do veículo.

Sempre que vamos dirigir nosso veículo, devemos levar uma série de documentos conosco, pois, se um agente de autoridade os solicitar, temos a obrigação de mostrá-los. Estes incluem o cartão de registro do veículo e o cartão de inspeção do veículo em vigor.

Outro documento básico sem o qual não podemos dirigir é a nossa carta de condução. Levar o DNI não nos isenta da responsabilidade de transportá-lo, pois serve para nos identificar, mas não para provar que temos em vigor a licença para poder dirigir. Se esquecermos o cartão e não o aceitamos no momento em que for exigido, os agentes verificará com a sua central se estiver em vigor, mas, mesmo que seja, podemos impor uma sanção. Circular sem licença pode ser punido com multas de 10 euros a 500 euros, dependendo da gravidade dos fatos, assim como ocorre em MG.

Documentação obrigatória

A situação é complicada, e muito, se você dirige sem ter essa licença, pois isso é um crime contra a segurança rodoviária. De acordo com o artigo 384 do novo Código Penal em matéria de segurança rodoviária, os motoristas sem licença podem ser presos por três a seis meses ou uma sanção de 12 a 24 meses e trabalhar para a comunidade de 31 a 90 dias. A mesma punição receberá qualquer pessoa que conduza apesar da privação preventiva ou final da licença por uma decisão judicial ou que perdeu os 12 pontos da carta de condução.

A carteira de motorista, uma vez que o sistema de pontos funciona, não é mais um direito absoluto, mas um crédito confiável concedido pela sociedade para compartilhar a via pública com outros motoristas. As violações cometidas que estão relacionadas à segurança rodoviária reduzirão esse crédito até perdermos todos os pontos e a retirada da confiança depositada. Só podemos recuperá-lo após seis meses, após um curso de segurança rodoviária e um teste.

Documentação

Acesse: https://twitter.com/tcflaglp/status/894973307539378176.

Desde a implementação do cartão por pontos, há mais de 10 anos, muitos motoristas viram reduzidos e até mesmo esgotados seus pontos, o que implica. Por esta razão, a maioria das companhias de seguros de automóveis incluiu em suas políticas a cobertura de recuperação de cartão, que inclui parte ou a totalidade do custo dos cursos de recuperação da licença ou mesmo um subsídio durante o período que o segurado não pode usar seu veículo.

Este é o caso de Allianz, Pelayo e Caser. Em muitos casos, esta cobertura é oferecida mesmo em seguros de terceiros estendidos, como o seguro Mapfre, Plus Ultra e Fénix Directo, embora em outros casos seja incluído apenas nas modalidades mais completas.

Outros documentos necessários

Entre os documentos que devemos levar conosco de forma obrigatória, não é mais o recebimento do seguro de carro, como foi até recentemente. Atualmente, os agentes de trânsito podem verificar telemáticamente se o veículo estiver seguro e se a política estiver em vigor, portanto, não é necessário incluir o recebimento do pagamento entre a documentação que carregamos no carro.